De Mentiroso a 1 de Outubro de 2007 às 12:24
Não é nenhuma novidade. Praticamente, todos os artigos publicados no blog do Leão Pelado (http://leaopelado.bravehost.com/) se baseiam neste vergonhoso e ultrajante conluio entre a máfia política, por um lado, e os interesses das grandes conglomerações de verdadeira e autêntica desinformação e jornaleirada rasca e indigna, pelo outro.

É esta a raiz de todos os males e é praticamente a única.

A consequência é sempre a mesma. A carneirada, mentalmente dominada por este processo, assim como por incapacidade de pensar pela sua cabeça, entretém-se com futebol e outras futilidades para atrasados mentais, descurando por completo os seus verdadeiros interesses e permitindo a continuidade duma situação cujos resultados escondidos se sentem perfeitamente na pobreza do país, no modo de vida e até nas baixas aspirações nacionais dos anestesiados.

Há muito quem viva julgando-se numa democracia, onde nem os mandantes são os eleitos, mas sim os que formam as listas dos interesses dos partidos. Onde os governos são sempre formados por minorias, pois que cerca de 60% dos votos são deitados para o lixo (façam-se as contas). Onde Há privilégios para os corruptos e leis que protegem a corrupção e os desresponsabilizam.

Enquanto a povo soberano permitir aos seus servos políticos e a uma justiça arrogante, mas podre, de o dominarem, nada mudará. A continuidade só pode agravar a situação. A máfia poderá continuar a fazer o que quer sem nenhum controlo nem prestação de contas ao seu soberano.
De zedeportugal a 1 de Outubro de 2007 às 12:24
Só é pena que não haja qualquer referência bibliográfica para que se possam confirmar estes números...
Como será possível fazê-lo? Será possível tirar estas afirmações do âmbito do boato e passá-las a verdades confirmáveis? Isso é que era fixe!
De Magno a 1 de Outubro de 2007 às 21:58
Devemos tornar esta informação credível, e divulga - la para as pessoas em nome de um país melhor!
De A. João Soares a 2 de Outubro de 2007 às 06:08
A situação é grave.
Concordo com os comentários que sugerem um tratamento bibliográfico que dê plena credibilidade, a fim de se atirar com estes dados aos olhos dos portugueses, para que, em próximas eleições, agirem de acordo com o seu conhecimento e não com os slogans que, na véspera, lhes impingem.
Grave, muito grave é que com tal situação de défice, se exijam tantos sacrifícios à população e os políticos aumentem a quantidade de assessores e criem os assistentes pessoais para os deputados, além dos gastos em «estudos» com missão específica de chegar às conclusões previamente fixadas, encomendados a amigos.
Abraço
De RAMIRO LOPES ANDRADE a 2 de Outubro de 2007 às 09:34
OBS: CASO TENHAM DÚVIDAS LEGITIMAS SOBRE ESTES DADOS, SUGIRO QUE VÃO AO SITE ( http://www.indexmundi.com/ ) OU AINDA AO SITE DA CIA - CENTRAL DE ESPIONAGEM AMERICANA,
https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/po.html

Portugal Dívida externa
http://www.indexmundi.com/pt/portugal/index.html/#economia





vizitem meu bloge

ramirolopesandrade.blogspot.com
De Tiago Carneiro a 2 de Outubro de 2007 às 10:55
Caro Ramiro,

agradeço esta sua aparição e seja bem vindo ao nosso blog.

Caso queira ajudar a melhorar este espaço envie-me um email.

Abraço
Tiago
tiago.democracia@gmail.com
De RAMIRO LOPES ANDRADE a 2 de Outubro de 2007 às 16:40
CARO TIAGO

JUNTO ENVIO-LHE MAIS SITES ONDE CORROBORAM A GRAVE SITUAÇÃO DA DIVIDA EXTERNA PORTUGUESA, CONSULTEM:


http://www.nationmaster.com/graph/eco_deb_ext_percap-economy-debt-external-per-capita


http://www.nationmaster.com/graph/eco_deb_ext-economy-debt-external


VOU CONTINUAR A CONTRIBUIR

UM ABRAÇO


RAMIRO LOPES ANDRADE
De Lic a 3 de Outubro de 2007 às 14:47
Este é um país que produz ricos. Tantos quantos os cargos políticos e ao ritmo de, pelo menos, uma fornada por cada acto eleitoral.
Este é um país que investe em infraestruturas que depois são concessionadas aos amigos do poder e cujo lucro é assegurado por subvenção estatal.
Este é o país onde o saber e a competência são preteridos em favor da conveniência e subserviência.
Este é um país dirigido por agradecidos para os agradecidos.
De Anónimo a 5 de Outubro de 2007 às 23:11
Com o devido respeito, permita-me uma sugestão que não vale a pena ser publicada:
Escreve bem, mas não descore a correcta pontuação, ortografia e sintaxe, já que estas qualidades da linguagem reforçam a credibilidade da sua mensagem.
Por exemplo, é incorrecta a afirmação que faz, quando diz que 272.000000000 são “ duzentos e setenta e dois biliões de dólares”. Duzentos e setenta e dois biliões de dólares escreve-se 272000000000000. O que escreveu são duzentos e setenta e dois milhares de milhar de milhão, ou como correctamente afirma 272mil milhões. E porquê?. Porque um bilião é 1000000 x 1000000 = 1x 1012
De RAMIRO LOPES ANDRADE a 7 de Outubro de 2007 às 12:27
CARO ANONIMO

OBRIGADO, VOU JÁ CORRIGIR. RSRSRSRS

SUA PRECIOSA AJUDA NÃO SERÁ ESQUECIDA.

SABIA QUE PORTUGAL NÃO VAI RECEBER OS 700 MILHOES DE EUROS QUE FALTAM DA BARRAGEM DE CAORRA BASSA DE MOÇAMBIQUE !!!

CÁ ESTAM OS CONTRIBUINTES PARA PAGAREM.

VIVA PORTUGAL.

EU A PARTIR DA SEMANA QUE VEM, ESTAREI A PAGAR IMPOSTOS EM ESPANHA.

UM ABRAÇO

RAMIRO ANDRADE