De Joana Dalila Santos a 29 de Abril de 2008 às 10:15
O espanhol falou tão pouco e disse tanto! É mesmo assim! É o Portugalinho que temos!