...este é um espaço que revela alguns "pecados" do povo tuga. Os nossos políticos são do pior... e o povo manso releva...
tags

todas as tags

01
Set
10
Vejamos onde se encontra a real origem do Poder que nos domina.

Para acabar com a crise e desenvolver o bem-estar dos portugueses, surgem as mais diversas sugestões. Agora, no Público aparece esta que merece séria meditação.

O presidente da Jerónimo Martins, Alexandre Soares dos Santos, que detém a cadeia de supermercados Pingo Doce e os hipermercados Feira Nova, defende redução do IRS e IRC e aumento do IVA, considerando que «o próximo Orçamento do Estado (OE) é “a última oportunidade para reduzir o papel do Estado-sorvedouro dos impostos”

Ou sou mais ignorante do que pensava ou esta proposta de um capitalista não surpreende absolutamente nada. Defende os seus interesses e os dos seus pares do topo da lista dos mais ricos e não tem escrúpulos de agravar tragicamente a vida dos mais pobres. Efectivamente, quer aliviar o IRS e o IRC que afectam mais os que têm rendimentos mais altos e libertam os que pouco têm.

Pelo contrário, quer agravar o IVA que afecta, por igual, todos os consumidores desde o mais pobre que apenas compra um pão para enganar a fome.

Se tal ideia fosse aceite, aumentaria de forma trágica o fosso, já demasiado acentuado, entre os mais ricos e os mais pobres!!!

Imagem da Net
publicado por TC às 18:18
De A. João Soares a 1 de Setembro de 2010 às 19:07
Para compreender o tema deste post, notar que, segundo a notícia do Público Padre Lino Maia pede desígnio nacional no combate à pobreza (http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/padre-lino-maia-pede-designio-nacional-no-combate-a-pobreza_1453908), o padre Lino Maia, presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), defendeu hoje que o combate à pobreza seja encarado como “um desígnio” nacional para atenuar e vencer um flagelo que diz atingir cerca de 20 por cento da população portuguesa. Segundo ele, cerca de dois milhões de portugueses vive no limiar da pobreza.

João (http://www.domirante.blogspot.com/)
De Diogo a 1 de Setembro de 2010 às 19:31
E entretanto paga uma merda a todos os seus empregados.
De Rick a 2 de Setembro de 2010 às 11:14
Oh meu caro enquanto não se desmascarar os poderes ocultos(Bilderberg parece que não incomoda os ditos democrátas)que manobram as politicas deste país não saimos deste ciclo vicioso!!
Como comentou alguém no citadino depois da dita e suposta revolução de abril parece que todos colocaram os tomates numa gaveta assim como o Sr Soares(e amigos)colocou o dito socialismo na gaveta!!
De Virgulino Remédios a 2 de Setembro de 2010 às 21:21
O Soares dos Santos é um homem que considero e que gosto de ouvir. Quem viu/ouviu anteriores entrevistas reconhece um capitalista sim, mas um capitalista com alguns princípios entre os quais o dos valores morais. O Sokras não gosta dele,e ele não gosta do Sokras. Se se informarem os empregados do Pingo Doce são muito mais bem pagos que os do Chulo Belmiro. Para esse é que vale tudo.Evidentemente que o Soares dos Santos não ganhou toda a sua (muita) massa a ser anjinho. No entanto considero o S.S. um verdadeiro empresário e não um patrão.
De lidiasantos almeida sousa a 3 de Setembro de 2010 às 17:20
Deixo uma pergunta ao Sr. Soares dos Santos: sendo ele um dos homens mais ricos de Portugal, e investindo numa Fundação para elaborar uns estudos um pouco arcaicos, ao estilo do escolhido para Presidente da Fundação António Barreto. Para quando a criação de creches e escolas para os milhares de empregadas dos Super Mercado Pingo Doce QUE TANTO QUANTO sei paga salários mais ou menos iguais aos seus concorrentes, à semelhança de uma média Empresa chamada Bruno Janz que há longos anos criou a Fundação Ester Janz,nome da sua esposa falecida, e onde os filhos dos seus operários e engenheiros em igualdade de circunstancias eram acolhidos desde bébés até ao ensino Básico. Assim aconteceu a minha sobrinha Vera, agora já médica, cujo pai ali trabalha ainda como funcionário. Isto sim é uma Fundação onde vale a pena investir alguns lucros, não pagando tanto imposto ao Estado. Espero que o meu comentário chegue ao Sr. Soares dos Santos que tantpo reclama e nada faz ao contrário do Sr. Janz que apesar de estrangeiro deixou uma linda obra. Ver na Internett.
De Mentiroso a 4 de Setembro de 2010 às 14:21
Não se pode emprenhar pelos ouvidos com tudo o que se ouça. Por outro lado, os jornaleiros apenas desinformam, tendo deixado a população na profunda ignorância em que nada. Para conhecer algo temos que procurar as informações na fonte ou algures que não nacional.

Sobre a questão dos impostos e para além do que foi dito, parece que ninguém está ao corrente de quanto se paga de impostos nos países mais sociais, mais ricos, onde se vive mais longo tempo, com um serviço de saúde e de segurança social igual para todos, onde se vive melhor. Esses sim, podem dizer que pagam muito, mas tiram proveito. Donde, logicamente, o problema não está nos impostos serem pesados, mas do modo como esse dinheiro é administrado e do proveito que proporcione a toda a população em lugar de ser roubado e esbanjado, como em Portugal.
De Pedro Pisco a 5 de Setembro de 2010 às 12:30
Soares dos Santos, como Milionário capitalista que é, pertence à mesma corja dos políticos de que se serve.
Bardamerda para o que ele diz!
De Bilder a 6 de Setembro de 2010 às 11:26
A justiça em Portugal e os poderes paralelos em http://aagendasecreta.blogspot.com/2008/01/ordem-manica.html

links
tags

todas as tags

blogs SAPO