...este é um espaço que revela alguns "pecados" do povo tuga. Os nossos políticos são do pior... e o povo manso releva...
tags

todas as tags

27
Set
08
Hoje, a nota é brevíssima, porque, felizmente, tenho uma vida infinitamente mais rica do que esta sinuosa aparição feérica, de que vocês tanto gostam, pela Blogosfera.
Agradeço que gostem de gostar, porque é das poucas coisas que me faz feliz.
Hoje, vem uma pequena nota de rodapé, em forma de observação: como qualquer mortal, recorro ao "Google" com a ligeireza de quem acha que é o mais fácil, embora o mais fácil seja mesmo alguém vir antes falar connosco, e dar-nos logo a informação que lá íamos procurar.
Este texto é filho dessas duas paternidades, e vamos já a ele.
Há meia dúzia de dias, quando o "Correio da Manhã" lançou aquele boato do "Primeiro Comando de Portugal", e chegámos a publicar o vídeo, uma brincadeira de gente brasileira, depois de esvaziar umas garrafas de cerveja, aproveitámos a boleia do "Google", que nos fazia descarregar marés de visitas no "The Braganza Mothers", e publicámos uma hiperligação para ESTE VÍDEO, bem mais interessante do que o do Comando.
Em forma de parêntesis, tenho de dizer que o vídeo, antes de começarmos, há um ano e tal, a sua divulgação maciça, tinha umas miseráveis 60 (!) visitas. Antes de acabar este mês, tudo indica que deverá chegar aos 20 000... O nosso objectivo, óbvio, era a sua visualização por 10 000 000 de Portugueses, e por toda a gente que entende Português, e percebe a gravidade do que lá está contido.
O que se segue é mais sombrio: sempre que se teclava, no "Google" a frase "Primeiro Comando Portugal vídeo", numa das dez primeiras posições disparava o nosso "post"..., o que aumentou brutalmente o número de pessoas que foram forçadas a ver o que eram os verdadeiros Comandos de Portugal, como funcionavam, e como provavam a promiscuidade reinante entre Poderes Políticos e Poderes Jurídicos.
Vem agora o curioso: desde hoje de manhã que, ao escrever a mesma busca no "Google", desapareceu a hiperligação.
Como não sou crente, não acredito em milagres; como cínico, vislumbro braços longos.
Aparentemente, há coisas que têm tais poderes que podem chegar a influenciar motores globais de busca...
Não não é já só o "Casa Pia", é todo um polvo gigantesco, como qual teremos de contar.
Quanto ao "post", será resposto, e desde já vos aconselho a gravar o vídeo e a difundi-lo por "post" e email: brevemente também virá alguma mão fazê-lo estranhamente desaparecer do http://www.sapo.pt/, e provar que nunca, jamais, nada daquilo foi dito, aconteceu, e muito menos, passou num canal de televisão.
Boa noite, e cuidem-se: ELES nunca dormem...
(Pentágono de alerta, no "Arrebenta-SOL", no "A Sinistra Ministra", no "Democracia em Portugal", no "KLANDESTINO", e em "The Braganza Mothers")

publicado por TC às 02:06
De RAMIRO LOPES ANDRADE a 27 de Setembro de 2008 às 06:29
CARO ARREBENTA

PORTUGAL E UM MAR DE LAMA QUE ME ENVERGONHA PROFUNDAMENTE SER CIDADAO PORTUGUES.

NOSSOS CIDADAOS SO SE INTERESSAM POR FUTEBOL / FATIMA / FADOS / E FLORIBELAS.

NAO E MAIS POSSIVEL MUDAR PORTUGAL.

SOMENTE COM UMA ABSTENCAO SUPERIOR A 80 POR CENTO , OU UMA REVOLTA ARMADA E QUE LIMPAMOS A MERDA DA ASSEMBLEIA DA REPUBLICA.

UM ABRACO DEMOCRATICO

RAMIRO ANDRADE
De A. João Soares a 27 de Setembro de 2008 às 07:41
Ramiro Andrade,
Acho que tanto pessimismo não conduz a melhorias, embora a situação esteja realmente negra. Só a não vê assim quem está no Governo a fazer belos discursos irreais.
A abstenção nada resolve, porque os sábios de S. Bento diriam que o povo é comodista, estúpido e desinteressado dos problemas nacionais. Melhor do que abstenção é o voto em branco, em que o eleitor, se desloca à mesa de voto, não podendo ser apelidado de comodista ou preguiçoso e entrega o voto sem nele fazer qualquer riso, mostrando que vota mas não pelos candidatos que iriam fazer o mesmo que vem sendo feito. Seria um voto válido, contável, e que reduziria a percentagem dos votos de cada candidato, tirando-lhe razões para arrogância de que representa o eleitorado.
O regime precisa de levar um bom abanão. Os partidos deviam estabelecer um código de conduta em que acima de tudo se preocupassem com o futuro do País, com a solução dos mais graves problemas que nos preocupam. Se eles o não fizerem, acabará por a solução vir da população, depois de esgotada a paciência e a capacidade de sofrimento. Isso traria graves problemas, se não houvesse condicionamentos que evitassem exageros de libertinagem do tipo PREC.
Um abraço
A. João Soares (http://domirante.blogspot.com/)
De Gabriel Silva a 4 de Outubro de 2008 às 17:02
A razão de, por um dia (hoje surge em primeiro novamente), tais resultados não surgirem, deveu-se provavelmente ao facto de o google ter decidido assinalar o seu 10º aniversário, colocando online o motor de busca de 2001.
Dessa forma, pretendia o google que as pessoas notassem como o mundo mudara, tanta coisa que depois de o google surgir acontecera e que se não fosse o google não teríamos conhecimento.

Acredito que não tenha sido a opção mais feliz, mas creio que foi isso que aconteceu para tal desaparecimento temporário do pagenrak desse video.

links
tags

todas as tags

blogs SAPO